Aparecida de GoiâniaEntrevista

“A nossa associação é focada em fortalecer o associado”, declara Maione Padeiro

Presidente da Acirlag comenta ainda sobre as principais ações desenvolvidas pela entidade ao longo dos primeiros dez meses de atuação em Aparecida de Goiânia

Em entrevista ao Diário de Aparecida, o presidente da Associação Comercial, Industrial e Empresarial da Região Leste de Aparecida de Goiânia (Acirlag), Maione Padeiro, apresentou um balanço dos primeiros dez meses de fundação da entidade.

Maione também comentou sobre as principais demandas que chegam diariamente até a Acirlag e antecipou alguns projetos que estão sendo desenvolvidos pela associação. Atualmente, a Acirlag já conta com mais de 90 associados e já possui alas de atendimento voltadas para as mulheres e jovens empreendedores. Ainda este ano, a associação deverá promover o primeiro “Feirão do Emprego da Região Leste” e os “Maiores do ISS da Região Leste”.

Diário de Aparecida – Como foi o trabalho nesses primeiros dez meses de fundação da Acirlag?
Maione Padeiro – Foi um sonho que agora aos poucos tem se tornado realidade, devido à necessidade de um apoio para os empresários, comerciantes e empreendedores que querem iniciar suas atividades. Neste mês vamos para dez meses de atividade. Fizemos primeiro um projeto para consolidar o nome da Acirlag. Hoje, com o apoio da diretoria e de todos, já ultrapassamos o número de 90 filiados. Isso é fruto de muito trabalho, confiança e dedicação em prol dos empreendedores e empresários da região leste de Aparecida de Goiânia.

DA – Quais os principais benefícios a que o filiado à Acirlag tem direito?
MP – Estamos terminando de formatar um guia de benefícios para o associado, que vai disponibilizar benefícios com os parceiros e associados. Temos farmácia, restaurante, clínicas médica e odontológica, posto de combustível, certificado digital, parcerias com cursos de capacitação para beneficiar o associado. Temos também o cartão do associado, que servirá para identificação. Hoje a nossa associação é focada em fortalecer o associado, que é da nossa região leste, que inicia da divisa da Avenida Bela Vista, da divisa com Goiânia, até a divisa com Hidrolândia. O que totaliza mais de 40 bairros, e possui os polos industriais.

DA – Quais as principais ações desenvolvidas pela Acirlag ao longo desses dez meses?
MP – Fizemos diversas ações, entre elas várias audiências com autoridades, fizemos o Café Empresarial com a secretária da Economia [Cristiane Schmidt], juntamente com o empresariado aparecidense. Também estivemos em Brasília, onde levamos o nome da Acirlag e nos colocamos à disposição de todos os deputados e senadores por Goiás. Apresentamos nossas ações na Câmara Municipal e estivemos com o prefeito Gustavo Mendanha. Temos projetos, como o Feirão de Empregos, que será realizado ainda este ano. Vamos promover no final de novembro o primeiro “Os maiores do ISS da Região Leste”, a fim de promover o empresário, que hoje é um guerreiro. Nesse momento de crise econômica e política, eles ainda estão trabalhando e se mantendo de forma corajosa, sem receber o apoio de muitos que deveriam estar valorizando-os. Temos também a Acirlag Mulher, que é voltada para atender as mulheres empreendedores e já no ano que vem vamos disponibilizar a Acirlag Jovem, para interagir com os jovens empreendedores da região leste de Aparecida.

DA – Quais as principais demandas da classe empresarial que chegam até a Acirlag?
MP – A questão dos impostos, a burocracia que ainda dificulta na hora da consolidação das suas empresas junto ao poder público. Também cobram melhores condições de acesso às linhas de crédito e fomento. Hoje, essa é a maior dificuldade do incentivo para que tenham recursos para desenvolver seus negócios em busca de crescimento. A Acirlag, juntamente com os diretores, têm atendido os associados em busca de fortalecer a nossa classe empresarial, para termos condições de representá-los junto aos poderes Executivo e Legislativo.

 (Por Marcelo Mendes / jornalismo@diariodeaparecida.com)

Related Articles

Close