Home Estado Cronograma prevê investimentos de R$ 9 bilhões

Cronograma prevê investimentos de R$ 9 bilhões

SHARE

O governador Marconi Perillo (PSDB) lançou ontem o programa de investimentos Goiás na Frente, que irá contemplar todos os 246 municípios goianos com a destinação de recursos financeiros na ordem de R$ 9 bilhões, sendo divididos em R$ 6 bilhões do Tesouro Estadual e R$ 3 bilhões da iniciativa privada, como a venda da Celg e subdelegação da Saneago. Os municípios receberão meio bilhão, divididos em duas parcelas, para as demandas específicas, e todo o montante restante será investido em todas as áreas.

“Todos os recursos anunciados hoje (ontem) se deram por ações corajosas tomadas por mim e pela minha equipe, a fim de viabilizar as melhores condições financeiras e assim beneficiar todos os municípios goianos. Esse montante foi possível por meio de uma preparação minuciosa, com projetos de austeridade fiscal, e somos o primeiro Estado a apresentar um pacote concreto de investimento após dois anos e meio enfrentando a crise econômica grave que assolou o Brasil”, destacou o governador em coletiva à imprensa no Centro Cultural Oscar Niemeyer, local onde ocorreu a solenidade.

Marconi ressaltou ainda que os municípios terão que apresentar contrapartidas para poder receber os recursos. “Queremos dar ordem de serviço para que as obras sejam iniciadas em todas as áreas, como educação, saúde, segurança e infraestrutura, que darão um dinamismo muito grande aos municípios goianos, gerando também emprego. E o principal requisito para a celebração dos convênios é a ação dos prefeitos na busca de melhoria dos indicadores, com investimentos em construção de salas de aula, por exemplo. Não daremos recursos sem contrapartida”, garantiu Marconi.

Os convênios variam de R$ 1 milhão a R$ 10 milhões para cada prefeitura. Para o presidente da Associação Goiana dos Municípios (AGM), prefeito de Hidrolândia, Paulinho Rezende, esse investimento vai ajudar no desenvolvimento das cidades, que é onde vive a população. “Eu tenho conversado com os prefeitos, como o de Anhanguera, sobre a importância desses investimentos, para benefício da população, pois muitos gestores não conseguiriam arrecadar e poupar para investir a quantia repassada pelo governo do Estado nos quatro anos de mandato. O que demonstra a preocupação do governo goiano”, justificou.

Aparecida de Goiânia receberá R$ 10 milhões 

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (PMDB), também participou da solenidade de lançamento do Programa Goiás na Frente e apoiou a iniciativa do governo estadual em manter parcerias com os municípios goianos. “Tenho dito que nossa administração não abre mão de parcerias. Sejam elas com o governo federal, com o governo do Estado, com a iniciativa privada e até articulando com a bancada de parlamentares goianos no Congresso para a liberação de emendas que beneficiem nossa cidade. E em todas as reuniões que tive com o governador, ele destacou a destinação de recursos para nossa cidade e esses R$ 10 milhões serão revertidos em benefícios para a população.”

Gustavo frisou que, além dos investimentos destinados pelo programa, continuará solicitando verbas estaduais para o desenvolvimento da cidade. “Somos a segunda maior cidade do Estado, com quase 600 mil habitantes, e temos uma grande importância no cenário econômico, sem desmerecer os demais municípios. Por isso, acreditamos que o governo saberá reconhecer o quão é relevante investir em Aparecida para criar ainda mais condições que alavanquem o nosso desenvolvimento. E, por tabela, o de Goiás como um todo”, pontuou o gestor municipal.

De acordo com o presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras, Jaime Rincón, os investimentos contemplam todas as áreas, proporcionando um crescimento uniforme. “Temos uma demanda grande por infraestrutura e até por isso a área rodoviária ficará com fatia maior do montante destinado a cada município, mas teremos a retomada das obras dos Credeqs. E Aparecida de Goiânia será contemplada com a conclusão das obras da Avenida da Paz e também na construção do Centro de Convenções da cidade”, sublinhou o presidente. (Daniela Ribeiro)