Home Estado Goiás na Frente destina R$ 12,5 milhões em recursos para Aparecida

Goiás na Frente destina R$ 12,5 milhões em recursos para Aparecida

SHARE
José Eliton, Marconi Perillo, Gustavo Mendanha e Maguito Vilela fazem gesto que representa união

Governador e vice-governador assinaram convênio para construção de rodovias e da nova Câmara Municipal

Felipe Coz

 

O governador de Goiás, Marconi Perillo, assinou na noite de ontem, na sede da Associação Comercial e Industrial de Aparecida de Goiânia (Aciag), convênio com a Prefeitura Municipal de Aparecida de Goiânia, por meio do Programa Goiás na Frente. Ao todo, foi assegurado investimento na ordem de R$ 12,5 milhões, sendo R$ 10 milhões para que a Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) realize a pavimentação do trecho entre o Setor Real Grandeza, onde está o Credeq de Aparecida, até a GO-020, com 9,9 quilômetros de extensão.
A rodovia será uma nova opção de tráfego entre Aparecida e Senador Canedo, na Região Metropolitana de Goiânia. Dentro dos R$ 10 milhões, a Agetop também fará a implantação do Polo Metropolitano de Aparecida, promovendo a transferência da Colônia Agroindustrial do Regime Semiaberto e do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia para outra localidade, liberando terreno de aproximadamente 60 alqueires, onde será construído o polo.
Os outros R$ 2,5 milhões serão destinados à construção da nova sede da Câmara Municipal, atendendo a uma reivindicação do presidente do Legislativo, vereador Vilmarzin (PMDB), e de um grupo de vereadores, que se reuniram com o governador Marconi Perillo no primeiro semestre do ano para pedir os recursos para construção da nova casa. “Já estamos com o projeto em andamento e no máximo em 180 dias iniciaremos a construção da nossa nova sede”, comemorou o parlamentar.

Assinatura do convênio
Durante seu discurso, o coordenador do Programa Goiás na Frente, vice-governador José Eliton (PSDB), afirmou que serão investidos, até 2018, mais de R$ 9 bilhões para realização de obras pelas prefeituras dos 246 municípios do Estado. “A princípio, o governador iria liberar R$ 10 milhões para Aparecida, mas, em uma reunião com o prefeito e os vereadores, decidimos liberar R$ 12,5 milhões para que pudéssemos atender também à demanda de construção da Câmara Municipal”, contou.
O governador Marconi Perillo (PSDB) iniciou sua fala relembrando todas as parcerias administrativas com os prefeitos de gestões anteriores da cidade e destacou a relação republicana com a gestão atual. Marconi destacou também a conclusão da Alameda da Paz, em uma parceria feita com o ex-prefeito Maguito Vilela (PMDB), e reforçou a importância da construção da avenida que ligará o Credeq à GO-020. “O Goiás na Frente está contemplando Aparecida de várias formas. Primeiramente, com a consolidação do Complexo Industrial Metropolitano, com a obra da Avenida da Paz, e agora a construção da avenida que ligará o Credeq à GO- 020, além de investimentos em água e esgoto no município”, comentou.
Marcaram presença na cerimônia, vereadores, deputados estaduais, lideranças políticas e comunitárias, e também empresários do município. O deputado estadual Mané de Oliveira (PSDB) destacou o crescimento econômico e social de Aparecida e elogiou a ação do governo estadual. O também deputado Marlúcio Pereira (PSB) comemorou a assinatura do convênio e lembrou que o governo estadual tem realizado várias obras no município, como o Credeq, o IML, além de passarelas em algumas regiões da cidade, como na GO-040, no Setor Garavelo.
Segundo informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce), com os recursos do programa, Aparecida de Goiânia receberá três escolas Padrão Século 21, sendo uma inaugurada ainda este ano e outras duas em 2018. As novas unidades seguirão um padrão de escolas com capacidade para atender 920 alunos, do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e ensino médio, com funcionamento nos turnos matutino, vespertino e noturno. Os novos colégios terão 12 salas de aula, quadra poliesportiva, laboratório de ciências, biblioteca, grêmio estudantil, auditório, administração e sala dos professores.

O programa
O Programa Goiás na Frente foi lançado em março deste ano, com previsão de investimentos de R$ 9 bilhões para obras nas áreas de infraestrutura, saúde, educação, segurança, habitação e inovação tecnológica. Serão contempladas as prefeituras dos 246 municípios do Estado. Do total de investimentos, R$ 6 bilhões são do governo e R$ 3 bilhões serão advindos da iniciativa privada, sendo que R$ 500 milhões têm como fonte o Tesouro Estadual e serão repassados às administrações por meio da assinatura de convênios.
O aporte financeiro será dividido em duas parcelas: R$ 250 milhões em 2017, e R$ 250 milhões em 2018. A construção e manutenção de rodovias são alguns dos principais focos do programa. Considerado um dos maiores programas de investimento do Brasil, o Goiás na Frente é resultado do planejamento administrativo e das medidas de austeridade fiscal adotadas pelo governo de Marconi Perillo desde o final do ano de 2014, quando a gestão da Secretaria da Fazenda estava nas mãos de Ana Carla Abrão. O governador já assinou, até o início deste mês, convênios com mais de 40 municípios para a liberação dos recursos.