Home Goiás Online José Eliton busca apoio da base para disputa ao governo

José Eliton busca apoio da base para disputa ao governo

SHARE

Definido como candidato do PSDB ao governo de Goiás às eleições de 2018, conforme posição anunciada pelo governador Marconi Perillo, José Eliton (foto) intensifica as conversações para garantir apoio de 17 partidos que integram a chamada base aliada. O vice-governador inicia, a partir de abril, novo giro pelos 246 municípios goianos, em busca de diálogo com prefeitos, vereadores, ex-prefeitos e para anunciar pacote de obras.

Secretariado
Gustavo Mendanha (PMDB) teve novo encontro com o secretariado. As palavras de ordem do prefeito de Aparecida de Goiânia são trabalho, corte de gastos e dedicação à conclusão das obras.

Modernidade
Gustavo Mendanha assinou, ontem, os primeiros contratos de gestão com secretários e presidentes de autarquias da Prefeitura de Aparecida de Goiânia. Cada auxiliar terá metas a cumprir.

Pé na estrada
Prefeito de Aparecida de Goiânia volta a Brasília esta semana, acompanhado de vereadores, para périplo pelo Congresso Nacional e Esplanada dos Ministérios, em busca de recursos para obras.

Desafio
José Eliton tem como desafio garantir o apoio do PSD de Vilmar Rocha, do PTB de Jovair Arantes e do PSB de Lúcia Vânia, legendas que resistem a um acordo antecipado à sucessão estadual.

Calada
Estremecida com o Palácio das Esmeraldas, a senadora Lúcia Vânia (PSB) decidiu manter silêncio, por um bom período, quanto às eleições de 2018.

Permanece
Sandro Mabel, assessor especial do presidente Michel Temer (PMDB), decidiu permanecer no governo até julho.

Motivação
Bastou uma conversa com o senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, para o empresário e professor Alcides Ribeiro voltar ao cenário político, desta vez como candidato a deputado federal às eleições do ano que vem.

Pela unidade
Adriano Montovani, ex-presidente do PT, está imbuído da tarefa de “unificar” o partido em Aparecida de Goiânia, quem sabe evitando a disputa interna para a direção, marcada para 9 de abril.

Fica na legenda
Após acenar com a possibilidade de trocar o PT pelo PMDB, Adriano Montovani foi convencido a não deixar a legenda. “Minha história se resume ao PT. Não tenho motivos para sair do partido.”

Cabe num “Fusca”
De temperamento polêmico, o vereador Helvecino Moura desqualifica a chapa adversária do PT, liderada por Domingos Pereira, Ozéias Laurentino e outros, na disputa pelo comando do partido: “Esse grupo não enche um fusquinha.”

Apreensão
Dirigentes partidários e parlamentares goianos estão tensos: tudo por conta da divulgação, esta semana, da “2ª Lista de Janot”, em que são citados os políticos que praticaram caixa dois nas campanhas eleitorais ou que receberam propina das empreiteiras.

Pão e água
Iris Rezende (PMDB) não tem cedido às pressões de vereadores, de diversos partidos, por cargos no Paço Municipal de Goiânia.

Cargos aos suplentes
Em contrapartida, Iris Rezende aceitou as indicações de partidos e encheu a Prefeitura de Goiânia de suplentes de vereadores, distribuídos em cargos de segundo e terceiro escalões.

Urias: outra praia
Urias Júnior (ex-secretário municipal de Comunicação Social) liga para a coluna e esclarece: não pretende retornar à militância político-partidária, já que está voltado para a atividade empresarial, em Aparecida de Goiânia e na Capital.

Blindagem às mulheres
A Câmara de Goiânia promulgou emenda à Lei Orgânica que inclui crimes tipificados na Lei Maria da Penha na Ficha Limpa Municipal. Ou seja, nenhum condenado por crime contra mulheres pode assumir cargo comissionado na prefeitura. A proposta é do ex-vereador Tayrone Di Martino.

Resumo

n Presidente do PRP de Aparecida de Goiânia, Martins Café prepara chapa de candidatos a deputado estadual e federal, por Aparecida de Goiânia, às eleições de 2018.

n Os grupos que disputam o comando do PT correm atrás de 2.200 filiados, em busca de votos à convenção marcada para 9 de abril.

n Secretário Ozair José (Desenvolvimento Econômico) corre atrás de novas empresas para se instalarem em Aparecida de Goiânia, de olho em empregos e renda.

n Ex-secretário de Cultura no Governo Maguito Vilela, Anésio Rodrigues (PDT) quer o ex-deputado Léo Mendanha (PMDB) como candidato à Câmara Federal nas eleições de 2018. “Léo está pronto para representar Aparecida de Goiânia no Congresso Nacional.”