Home Goiás Online Maguito quer chapa forte, no PMDB, para deputado federal e estadual

Maguito quer chapa forte, no PMDB, para deputado federal e estadual

SHARE

Maguito Vilela (foto) tem estimulado correligionários do PMDB a lançarem-se candidatos à Câmara Federal e à Assembleia Legislativa às eleições de 2018. Em Aparecida de Goiânia, o ex-prefeito entende que o partido precisa escolher “candidatos competitivos” aos cargos proporcionais. Ele evita citar nomes, mas reconhece que o PMDB dispõe de “bons quadros” para a disputa eleitoral que se aproxima. Os candidatos devem ser escolhidos em janeiro, para não trazer prejuízos à gestão de Gustavo Mendanha, pensa ele.

Maratona
Gustavo Mendanha (PMDB) volta hoje a Brasília, acompanhado de secretários e vereadores. Fará périplo pelos gabinetes de senadores e deputados federais goianos, em busca de apoio de verbas para obras em Aparecida de Goiânia.

Vai junto
O presidente da Câmara Municipal, Vilmar Mariano (PMDB), integra a comitiva aparecidense, nas visitas ao Congresso Nacional e Esplanada dos Ministérios.

Prejuízos
As bancadas do PMDB e PT estão obstruindo, na Assembleia Legislativa, a tramitação do projeto do governo que cria o ICMS Educacional. Os deputados receiam que Goiânia, Aparecida e Anápolis percam receitas.

De olho
O temido promotor de Justiça Fernando Krebs despacha, temporariamente, na sede do Ministério Público, em Aparecida de Goiânia.

Desconto
Março é o mês da contribuição sindical dos trabalhadores. Todos os servidores públicos concursados ou comissionados são obrigados a contribuir com o equivalente a um dia de trabalho. Por este motivo, a Prefeitura de Aparecida de Goiânia fará o desconto diretamente na folha de pagamento referente ao mês.

De volta
Benedito Torres Neto voltou ao comando do Ministério Público de Goiás, depois do dissabor de ter sido acusado de proteger, na instituição, o irmão, ex-senador e procurador de Justiça Demóstenes Torres.

Guerra
O ambiente está carregado na base do prefeito Gustavo Mendanha. Tudo por conta da pré-campanha para a Assembleia Legislativa. Muitos são os pretendentes, mas poucos terão o respaldo do grupo que está no poder.

Procuram-se
Daniel Vilela enviou emissários a Aparecida de Goiânia para sondar peemedebistas sobre possíveis candidatos a deputado federal e a estadual às eleições de 2018.

Muita tensão I
Os políticos goianos estão com a “orelha em pé” diante do surgimento dos primeiros nomes de envolvidos em denúncias de caixa dois e propinas.

Muita tensão II
Os primeiros apontados como operadores, por delatores da Lava Jato, foram Fábio Tokarski (PC do B) e Eurípedes Júnior (Pros). Algo em torno de R$ 7 milhões para cada partido.

Queda-de-braço
Deputado federal Thiago Peixoto (PSD), que tem origem no PMDB, ataca a administração de Iris Rezende. Ex-presidente do PMDB Nailton de Oliveira diz que Peixoto é “oportunista e traidor”. 2018 já chegou.

O que virá
Tudo indica que o PSD de Vilmar Rocha, apesar do barulho, permanecerá na base aliada do governador Marconi Perillo em 2018. Já o PSB de Lúcia Vânia não é bom apostar…

De novo?
Pelo andar da carruagem, a oposição vai chegar dividida em 2018 – PMDB, DEM e PT poderão ter candidatos próprios a governador.

Onde anda você?
O médico Rafael Nakamura, que foi secretário de Saúde no Governo Maguito, exerce o cargo de diretor técnico do Hospital Geral de Goiânia (HGG), indicado pela organização social Idtech.

Urias Simão apoia Ozair José
Após um período de afastamento das lides político-partidárias, para dedicar-se às atividades empresariais, Urias Simão (ex-secretário de Cultura do Governo Maguito e ex-presidente do PSC) está de volta a Aparecida de Goiânia: vai integrar o staff de campanha de Ozair José (sem partido) à Assembleia Legislativa. Tem experiência política e conhece a cidade e as lideranças políticas como “a palma da mão”.

 

Resumo

n Secretário de Trabalho e ex-presidente municipal do PT, Adriano Montovani ainda não se posicionou sobre a disputa pelo comando do partido, dia 9 de abril, em que sua irmã, Priscila Montovani, deve concorrer à reeleição, já que é a atual presidente.

n Gestão de Gustavo Mendanha praticamente não tem oposição na Câmara, a não ser manifestações e críticas pontuais de poucos vereadores.

n Deputado federal João Campos (PRB), com expressiva votação em Aparecida de Goiânia, diz ter apresentado emenda individual que beneficia a cidade, principalmente em relação à construção de praças e parques.

n Após receber 245 prefeitos (faltou apenas Adib Elias, de Catalão), o governador Marconi Perillo vai fazer um giro, em abril e maio, pelos municípios goianos, visando 15 cidades por dia, para anunciar a aplicação de R$ 3 bilhões em obras.