Home Goiás Online Marconi e Maguito: conversa reservada sobre eleições 2018

Marconi e Maguito: conversa reservada sobre eleições 2018

SHARE

Após receber a comitiva de Aparecida de Goiânia (prefeito Gustavo Mendanha, vice Veter Martins, deputado estadual Marlúcio Pereira e os 25 vereadores), o governador Marconi Perillo (PSDB) teve conversa reservada com o ex-governador Maguito Vilela, ontem, no Palácio das Esmeraldas. Na pauta, o cenário político nacional e as eleições para o governo de Goiás. Nos bastidores, especula-se uma aliança entre Marconi e Maguito, embora o PSDB e o PMDB sejam ferrenhos adversários no Estado desde 1998.

Conjuntura
Maguito Vilela teve mais uma oportunidade de avaliar a conjuntura política do Estado e do País com o prefeito Gustavo Mendanha (PMDB) na semana passada, durante voo de Goiânia ao Rio de Janeiro.

Duros ataques
Deputado federal e presidente estadual do PMDB, Daniel Vilela aproveita os encontros regionais do partido para disparar críticas ao Governo Marconi, com foco nas eleições de 2018.

De olho
Promotores de Justiça que atuam em grandes cidades, como Goiânia, Aparecida de Goiânia e Anápolis, estão de olho nos políticos que fazem campanha extemporânea (ilegal) para deputados federal e estadual.

Enfrentamento
Deputado federal Roberto Balestra quer porque quer disputar a convenção do PP com o senador Wilder Morais para a escolha do candidato do partido ao Senado nas eleições do ano que vem.

Custo de campanha
Proibida a doação empresarial, calcula-se que, em Goiás, custará R$ 10 milhões uma campanha, com chances de vitória, para a Câmara Federal em 2018.

Indefinição
Chico Abreu (PSDB) vai esperar até julho para decidir se irá disputar mandato a deputado federal ou estadual ou se ficará fora das eleições do próximo ano.

Na base
Independente do que acontecer, PSD, PR, PDT e PTB dificilmente deixarão de apoiar a candidatura de José Eliton ao governo de Goiás em 2018.

Dívidas
Iris Rezende (PMDB) não se cansa de repetir que a Prefeitura de Goiânia deve R$ 700 milhões (herança de Paulo Garcia) a fornecedores e prestadores de serviços e que só começará a quitar esses débitos no segundo semestre.

Em dia
Iris Rezende deixa claro que a atual administração tem pago em dia quem fornece material e presta serviços para a prefeitura da Capital.

Vai pra onde?
Desligado do PT, o ex-prefeito de Anápolis João Gomes busca novo caminho partidário. Está entre o PSDB e o PP, legendas da base marconista.

Convite
Ex-prefeito de Anápolis, o vereador Antônio Gomide recebeu convite de filiação ao PDT. Mas ele prefere permanecer no PT. Por enquanto.

De casa
Chefe de gabinete do vice-governador José Eliton, Charlles Antônio faz questão de dizer que tem domicílio eleitoral e residência em Aparecida de Goiânia. “Sou aparecidense”, proclama.

Camisa do clube
Presidente da Aparecidense, Wilson Queiroz fez questão de entregar uma camisa personalizada do time aos 25 vereadores de Aparecida de Goiânia.

Calado
Defensor intransigente da categoria a que pertence, o senador Ronaldo Caiado (DEM) não se manifestou sobre a crise vivida pelos médicos e a Prefeitura de Goiânia.

Aproximação DEM/PMDB
O ex-governador Maguito Vilela e os deputados federais e estaduais do PMDB deverão ter encontro, amanhã, em Goiânia, com o senador e presidente estadual do DEM, Ronaldo Caiado. Na pauta, conversações para a aproximação dos dois partidos, visando formação de chapa para governador no ano que vem. Como se sabe, o PMDB tem como pré-candidato Daniel Vilela e o DEM, Ronaldo Caiado.

Resumo

 Outro secretário madrugador de Gustavo Mendanha: Mário Vilela (Infraestrutura). É um dos primeiros a chegar ao gabinete, depois de ter vistoriado obras.

Ozair José, pré-candidato a deputado estadual, só vai definir novo partido no segundo semestre. Antes, o secretário de Desenvolvimento Econômico faz consulta aos correligionários políticos.

Ambiente tenso na abertura da 16ª Tecnoshow, em Rio Verde, com a troca de farpas entre o senador Ronaldo Caiado (DEM) e o vice-governador, José Eliton (PSDB).

Iris Rezende (PMDB/foto) promete deslanchar a administração em Goiânia a partir deste mês, com a retomada das obras paralisadas, como o corredor BRT Norte-Sul, Cmeis e dos mutirões nos bairros da periferia da cidade.

 

Frase

“Vá procurar sua turma lá em Curitiba”
Prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), em um evento, ao responder a uma pessoa que exaltava a ex-presidente Dilma Rousseff