Home Polícia Operação Malafaia

Operação Malafaia

SHARE

Quatro pessoas foram presas e um menor apreendido, na manhã de ontem, durante a Operação Malafaia, que tem como objetivo cumprir mandados de prisão pelos crimes de homicídio, tráfico de drogas, roubo e porte ilegal de arma de fogo. A ação aconteceu no município de Aragarças, a 404 quilômetros de Aparecida de Goiânia. Entre os presos estão Francisco Sobrinho Moraes Gêmeo, investigado pelo homicídio de Tenório Tapety; Sebastião de Jesus Queiroz, investigado pelo crime de roubo qualificado; e Paulo Capergiane Martins, autuado em flagrante delito pelo crime de posse de arma de fogo de uso permitido e posse de munição de uso restrito. O adolescente foi apreendido pelo homicídio de Jeferson Nunes da Silva.

Tentativa de furto
Danilo da Silva foi preso, em Trindade, após tentar furtar uma bicicleta do pátio de uma Delegacia de Polícia da cidade. Segundo a Polícia Civil (PC), o acusado, que pulou o muro da instituição, estava escondido atrás de um carro e montado na condução, que estava apreendida, quando foi encontrado por um agente que fazia a ronda no local. O indivíduo permanece preso na própria delegacia.

Receptação
Um homem de 49 anos foi preso, pelo Grupo de Capturas e Apoio Operacional (Caop) de Anápolis, acusado de receptação. Ele tinha em seu desfavor um mandado de prisão preventiva, expedido pelo Poder Judiciário de Aparecida de Goiânia. O acusado foi conduzido para a Unidade Prisional de Anápolis.

Homicídio qualificado
Marcos Paulo Gonçalves Ferreira, de 23 anos, foi preso após uma briga que resultou na morte de Johnathan Leite Pinheiro, 26 anos, no Setor Jardim Liberdade, em Goiânia. Segundo as investigações, o preso teria emprestado uma arma para a vítima cometer crimes no ano de 2016, mas a arma não foi devolvida, o que causou a briga.