Notícia

PRINCIPAIS AÇÕES DE MARCOS CABRAL À FRENTE DA SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL

• Ampliação de diálogo com os principais setores da sociedade civil organizada, especialmente igrejas, entidades filantrópicas e conselhos estaduais;
• Articulação para a retomada das obras de cinco Centros de Atendimento Socioeducativos, nas cidades de Caldas Novas, Itaberaí, Porangatu, Rio Verde e São Luís de Montes Belos, além das reformas das unidades de Formosa e Luziânia;
• Atenção especial às unidades socioeducativas, que foram visitadas desde o primeiro dia, e estão com quadro de servidores e suprimentos recompostos;
• Chamamento Público para a seleção de interesses interessadas na adesão aos Auxílios Água e Energia e Pão e Leite;
• Capacitações nas áreas de assistência social, mulher e socioeducativo, beneficiando várias cidades goianas;
• Licitação para a escolha de empresa para gerir o “Jovem Aprendiz”, acabando com o processo de dispensa de licitação anteriormente praticado;
• Licitação para a melhoria estrutural de todas as unidades vinculadas à Seds;
• Pagamento de R$ 62,9 milhões do Passe Livre Estudantil, beneficiando 90 mil jovens da Grande Goiânia e Anápolis;
• Pagamento de cerca de R$ 20 milhões dos Auxílios Pão e Leite e Água e Energia, beneficiando 404 entidades filantrópicas dos quatro cantos do estado;
• Pagamento de R$ 28,3 milhões do programa Jovem Aprendiz, beneficiando cerca de 3 mil jovens em todo o estado;
• Realização do Mutirão Social em 17 cidades goianas, priorizando as dez mais carentes, prestando mais de 15,3 mil atendimentos, desde a emissão de Carteiras de Identidade e Trabalho, CPF, Carteira do Autista, Passaporte do Idoso, Passe Livre da Pessoa com Deficiência, segunda via de certidões de Registro Civil (Certidões de Nascimento, Casamento e Averbação de Divórcio) ;
• Recriação do Conselho E²stadual do Trabalho;
• Redução de custos com servidores e custeio;
• Reorganização dos Conselhos Estaduais vinculados à Seds;
• Visitas de trabalho às cidades apontadas como as mais carentes pelo Instituto Mauro Borges.

julliana cardoso

Jornalista formada desde 2012, já fui apresentadora, repórter, produtora e atualmente sou editora chefe de mídias sociais do Diário de Aparecida.

Related Articles

Close